terça-feira, 2 de março de 2010

Secretaria de Educação de São Gonçalo divulga nota de esclarecimento

Fonte: Secom - São Gonçalo

Nota de Esclarecimento

A Secretaria da Educação de São Gonçalo do Amarante vem a público reafirmar o compromisso da atual administração com a qualidade do ensino prestado nas escolas do município. Por isso, a atual gestão esclarece que encontrou as escolas praticamente destruídas, faltando inclusive panelas para cozinhar a merenda escolar, na maioria delas. Sem contar que São Gonçalo do Amarante tinha o pior Índice de Desenvolvimento da Educação Básica da região metropolitana.
Essa gestão tem a educação como uma das prioridades, de tal forma que investiu no primeiro ano de governo 37% da arrecadação municipal com educação, mesmo que a lei obrigue destinar apenas 25%.
18 escolas foram restauradas e quatro unidades que estavam prestes a desabar foram totalmente recuperadas. Em parceria com o governo federal, está construindo uma unidade do IFRN, antigo CEFET, na sede do município, que oferecerá cursos técnicos e superior, abrindo possibilidades para os alunos que estão concluindo o 9º ano ou o ensino médio no município.
A Prefeitura Municipal de São Gonçalo também pagou só no ano passado 14 salários, sendo os 12 mensais, o décimo terceiro e mais o salário de dezembro de 2008 que a gestão passada não pagou. A administração atual gastou no primeiro ano, apenas com remuneração dos trabalhadores da educação, mais de 24 milhões de reais.
É importante lembrar que São Gonçalo do Amarante foi um dos primeiros municípios do Rio Grande do Norte a pagar de forma proporcional o piso nacional do professor.
A secretaria municipal de educação de São Gonçalo esclarece que não foram retiradas vantagens e direitos dos educadores. E sim alguns privilégios irregulares.
Foi a atual gestão que criou o programa de incentivo a educação, onde professores, funcionários e alunos serão premiados pela melhoria do nível da aprendizagem escolar.
E mais, nos últimos dois meses, os professores que estavam de férias receberam todos os direitos e vantagens.
A secretaria de educação do município está trabalhando para garantir a qualidade da educação, e tem feito tudo para evitar o atraso do ano letivo. Para isso está pagando o segundo melhor salário da região metropolitana, perdendo apenas para Natal. Já disponibilizamos merenda escolar no primeiro dia de aula, fardamento escolar, está pagando os salários rigorosamente em dia, e já enviou para Câmara Municipal o reajuste do piso nacional dos professores.
O poder público municipal criou uma comissão permanente de negociação composta pela procuradoria geral do município, secretarias de finanças, da educação, da saúde e da administração, aberta a receber todos os sindicatos, sempre que é solicitada.
Acreditamos no bom senso, no sentimento de responsabilidade, bem como no compromisso de todos os educadores.
Secretaria Municipal da Educação de São Gonçalo do Amarante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário